Beleza, Dicas da Mi
14/07/2017
1 Comentário

Meus cabelos contam a minha história…

No início do blog – há exatamente uns 6 anos e meio atrás – eu fiz um post bem bacana comentando sobre meus cabelos e cortes que já tinha usado até então.

Era um post bem pequeno (aliás até demais perto dos vários tipos de cortes e cores que já tive na vida), mas que me inspirou a fazer um novo post, atualizadíssimo por sinal.

De 6 anos pra cá mudei muita coisa, fiquei mais velha, casei, mudei de endereço 3 vezes, emagreci, apliquei botox, arrumei meus dentinhos fujões, troquei a roupa do MB, e sim…encontrei a cabeleireira certa pra mim (e tudo isso é claro, alinhado sempre a um novo corte de cabelo, ou cor).

Olhando pra trás e para essas várias mudanças – e falando agora em termos “cabelísticos”- me sinto uma verdadeira camaleoa, e eu diria mais: confortável em cada uma dessas escolhas.

Eu sou dessas que pra cada fase da vida procura um novo pedaço meu. Não que eu ache que temos mudar ok? Mas não sei, é natural! Meu cabelo se alinha as minhas fases, e de certa forma isso sempre me deu mais força na hora da mudança. Me deixando sempre mais “poderosa” em cada situação.

Sei que muitos pensam “ah, mas quer dizer que você só se sente poderosa mexendo no cabelo Mi?”,  e a resposta é não: Me sinto poderosa em poder escolher o que quero fazer, em escolher mudar. E vai dizer que isso não é libertador? Algumas pessoas “invocam” isso no trabalho, em casa, num livro, cantando uma música, indo pra academia, eu o tenho mudando o cabelo. E amo!

Ó eu divagando já, volta pro post Michele!

Como sei que tenho muitas leitoras que também passam por isso, ou mesmo que vire e mexe tem aquela saracutico pra mudar as madeixas eu decidi dividir com vocês meu vários tipos de cabelo desde o início do blog. Até pra inspirar a quem tem medo de mudar (mas deseja muito) a perder esse medinho.

Quem cuida do meu cabelo desde o início do blog é a Fabi – do Illuminé Hair – é só ela quem corta minhas madeixas (salvo quando uma vez a cada 2 anos bate a louca em mim e eu corto sozinha em casa e depois saio chorando, ai ai ai tpm), e nas cores eu intercalo entre a Luci e a Cris (também do salão).

Atualmente me joguei num chanel com tons escuros (depois de muito tempo com mechas voltar a cor natural é maravilhoso), e creio que minha única mudança nos próximos meses será deixar o cabelo crescer, ehehehe.

Mas vamos as fotos e fatos?

Meus cabelos contam a minha história

Me achany a Kim – só que não – nessa inspiração do cabelo atual. Gosto dessa ideia dele reto e na cor natural, voltar as raizes nessa fase nova da minha vida (logo logo vocês saberão qual é) foi imprescindível.

Meus cabelos contam a minha história

1 aninho de blog = Eu comecei o Monalisa super natural, cabelo mais curto – numa fase de adaptação pós mega hair – e escuro. Por conta da perda de cabelo (yep meninas, o mega detona o cabelo sim!!), fiquei um bom tempo fazendo hidratação quinzenal pra ele ficar mais forte e ter mais vida e após uns bons meses ele começou a crescer super rápido. Quase completando um ano de blog eu fiz minhas primeiras mechas. E viciei…

Meus cabelos contam a minha história

2 ano do blog = Aqui as mechas já estavam mais fortes (dá pra perceber né?), e eu fui brincando mesmo com elas. Teve um tempo em que meu cabelo tinha umas 3/4 cores e ficava lindão. Ah, essa franjinha ali durou 2 meses apenas ehehehe, eu acho lindo mas não aguento muito tempo, fico com tique sabe. Então cortei umas 2 vezes e logo depois deixei crescer.

Meus cabelos contam a minha história

3 ano do blog = Aquelas mechas maravilhosas do segundo ano ficaram um bom tempo, mas…eu enjoei (hihihih) e decidi voltar a minha cor natural, mas diferente de hoje meu cabelo estava super comprido.

As vezes é bom deixar o cabelo respirar não é mesmo? Eu vinha fazendo muita mecha e sentia meu cabelo (mesmo fazendo muita hidratação) mais “machucado” então decidi ficar morena novamente.

Coincidiu com o ano do meu casamento e como eu queria casar morena fiquei assim quase um ano inteiro. Sabe aquela coisa de ver o álbum como você sendo você? Nesse estilo ehehehe.

Meus cabelos contam a minha históriaMeus cabelos contam a minha história

4 ano de blog – Ah o quarto ano foi cheio de novidades no cabelo, eheheh, doidera mesmo. Comecei o ano com o cabelo escuro, mas ao longo do ano anterior (como eu pintei apenas uma vez) a tintura foi saindo e as mechas que estavam embaixo apareciam com mais frequência, resultando num cabelo com a raiz escura e as pontas mechas (quase que naturalmente eheheh).

Comecei a pegar gosto pelas mechas e fui clareando até ficar super loira. Acho que foi minha fase mais platinada da vida (hahaha), mas durou apenas uns 2/3 meses eu acho. Como eu faço muita chapinha e babyliss o cuidado com minhas pontas tem que ser redobrado e como elas estavam um pouco danificadas e eu tinha enjoado de cabelo me joguei num cabelo médio (mas loiro).

Ficou assim por um bom tempo… =)

Meus cabelos contam a minha história  Meus cabelos contam a minha história

5 ano do blog = Aqui meu cabelo foi marcado pelo “deixar crescer novamente”, ehehehe, e por um tom mais amendoado. Estava numa fase de aniversário do blog e numa vibe mais dourada, ehehe, então quis sair um pouco do platinado.

Ele ficou uns 5 meses pra crescer e no fim do ano (umas duas semanas antes do réveillon) cheguei pra Fabi e falei: corta curto! Bem dizem que viciamos no cabelo curto né?

Confesso que me arrependi um pouquinho de cortar curto bem próximo do verão porque cabelo curto exige (por incrível que pareça) mais cuidado que o comprido. Ou ele está super arrumado ou não está bonito. Eu tinha que mante-lo impecável pra ficar bonito e vamos combinar que na praia, no verão isso é praticamente impossível não é?

Mas logo que voltei pra casa ele foi domado com sucesso e eu adorei.

Meus cabelos contam a minha história Meus cabelos contam a minha história

6 ano do blog = Após 6 aninhos vocês já perceberam que sou tipo 8 ou 80 não é? Chegamos na metade do ano e já tive três tipos de cabelo.

Iniciei o ano com ele comprido (bem comprido) e com a raiz escura e mechas douradas, mas não estava me gostando muito (natural depois de se ver em tantas fotos todo dia), e decidi mais uma vez pelo cabelo curto só que me joguei no super loiro. Foi tipo um choque pro marido quando cheguei em casa (ele diz que não mas tenho a impressão que ele me acha uma louca quando o assunto é cabelo eheheh), mas ele adorou e eu também.

Mas esse “namoro”entre eu e o loiro não durou muito tempo não. Eu já vinha conversando com o Ale sobre mudarmos completamente meu hair (queria voltar para a cor natural), mas estávamos com medo de ficar estranho e parecer mais velha do que sou.

Bastou a Kim desfilar com as madeixas escuras, curtas e lisas divididas ao meio pra eu desejar mais que tudo esse cabelo. Kim é uma influenciadora de respeito, né non?

Aí foi outro choque. Mas não sei dizer, foi uma das vezes que saí do salão mais apaixonada por mim mesma e isso não tem preço né gente?!?

Estou adorando essa minha nova fase e tenho a sensação de que ela vai durar um bom tempo. Assim espero não é? O bolso agradece, ehehehe.

E ai meninas, o que vocês acharam? Gostaram? Me contem, qual o ano favorito de vocês? Algum corte ou cor em especial?

Espero tê-las inspirado na mudança que vocês sempre quiseram mas não tiveram coragem de fazer. É delicioso poder brincar, testar, mudar…

Meus cabelos contam a minha história

Como eu comentei lá encima eu faço meu cabelo no Illumine Hair e sempre que quero mudar converso com a Fabi pra saber se vai combinar comigo ou não, isso me ajuda muito. Uma ideia é fazer o visagismo meninas, pra descobrir o que funciona ou não pra cada uma. Assim não tem erro. =)

Alias, fica aqui o contato deles: 47 3370 6968.

TV Monalisa // Inscreva-se!
Instagram // @micamacho