beleza e saude
30/01/2018
0 Comentários

​ Alimentos que inflamam o cérebro

backgrounds for photography

Para aumentar a nossa capacidade mental e expansão da consciência, é necessário evitar alguns alimentos. Nosso cérebro é composto, essencialmente, de gordura e movido a glicose.

Imagine, se a sua alimentação for rica em açúcar ou alimentos de alto índice glicêmico (como massas, pães brancos, cucas, bolos), isso faz aumentar a glicação. Dessa forma, a “caramelização” das proteínas dificulta a troca de oxigênio, de nutrientes e a neurotransmissão, ou seja, troca de informações nos neurônios, mediada por impulsos elétricos e neurotransmissores. Por isso devemos procurar ingerir gorduras e açúcares saudáveis. Se esta regra for infringida, podemos descompensar nosso metabolismo cerebral.

Com as funções do cérebro, que é o nosso computador, comprometidas, o metabolismo do corpo todo fica afetado. Se o eixo do hipotálamo e hipófise, que ficam no cérebro, sofre disfunção afeta diretamente a tireóide, que controla o metabolismo geral. O corpo funciona como uma orquestra, deve estar todo afinado.

Os alimentos que mais contribuem para o mau funcionamento do cérebro e do metabolismo geral são:

– Carnes embutidas, processadas, conservadas e congeladas, como salsichas e mortadela, e alimentos de micro-ondas, como nuggets e lasanhas.

– Fast food: como hambúrguer, sanduíches regados de molhos prontos, amidos e gorduras trans.

– Alimentos com gorduras processadas industrialmente. Ainda que a gordura seja vegetal, o processo de refinamento provoca o mau funcionamento cerebral. Assim, os piores alimentos são chips, salgadinhos, amendoim crocante, e outros usados como aperitivos. Produtos cheios de gordura hidrogenada e sódio;

– Alimentos fritos em óleos vegetais de soja, canola, milho, girassol. A fritura gera acrilamida, uma substância potencialmente tóxica;

– Alimentos com grande quantidade de amido e açúcar, como pães, doces, bolos, embutidos;

– Macarrão instantâneo, temperado com glutamato monossódico e outros temperos artificiais.

10-alimentos-saudaveis-que-devemos-comer-todos-os-dias-1

O que fazer?

– Coma comida de verdade, sem manipulação química. Prefira peixes, ricos em gorduras boas, opte por óleo de coco, azeite de oliva extravirgem de boa qualidade, oleaginosas, como castanha do pará e amêndoas, que são fontes de selênio e vitamina E, importantes para a performance do cérebro. Verduras e legumes, se forem orgânicos melhor, menos agrotóxicos, mais saúde. Evite o consumo excessivo de frutas, também tem o açúcar “frutose”, que se transforma em açúcar (glicose);

– Suplemente com ômega 3, mas tem que ser de boa qualidade. Ele é potente anti-inflamatório;

– Consuma geleia real. Ela contém ácido glutâmico, ótimo para o cérebro;

– A clorella tem metionina e cisteina, substâncias que facilitam a eliminação de metais pesados, como chumbo, alumínio, mercúrio, etc.

– Para ter saúde longa, o sono reparador é fundamental, assim como o estresse bem controlado e a prática regular de exercício físico.

TV Monalisa // Inscreva-se!
Instagram // @micamacho