beleza e saude
27/02/2018
0 Comentários

O que comer nos lanches de trabalho

ColunaCrisMolon

Algumas pessoas não tem o hábito de comer entre as refeições e ficam em jejum por muito tempo.

Este mecanismo faz o organismo entender que é preciso estocar energia e, assim, queimar menos calorias. O quadro piora se o estresse for muito elevado. Em quem é adepto de jejum intermitente, o corpo entra em outro modo de funcionamento e utilização de energia.

O bacana seria preparar lanches simples e práticos, sendo que alguns podem ser feitos à noite, ou seja, ideais para quem não tem tempo pela manhã. Seguem algumas sugestões:

– Frutas: são ótimas opções e também podem ser ingeridas na versão seca, que é fonte saudável de energia. A maçã, por exemplo, contém quercetina, um antioxidante que auxilia na circulação, imunidade e diminui o nível glicêmico. A casca é fonte de pectina, uma fibra que ajuda a regular o intestino. Já o abacate, outra ideia interessante, pode ser ingerido com canela em pó e limão ou com açúcar mascavo e canela. Ele é rico em vitamina E, magnésio e fósforo, contém gorduras monoinsaturadas, promovendo saciedade.

Opções: três damascos secos + duas castanhas do Pará ou uma maçã com seis amêndoas.

– Oleaginosas: uma porção (até 30 gramas) de oleaginosas, como castanha do Pará, amêndoas ou nozes, sacia a fome e é saudável. Porém, não exagere no consumo: além de nutritivas, são calóricas.

– Salgados assados e biscoitos: faça a escolha certa. Lembre-se de não abusar no quesito salgado assado: pão de queijo é feito no forno, mas tem em média 286 calorias. Prefira assados integrais ou bolinho de carne ou opte por pasteis assados na versão integral com recheio de palmito ou frango ou ricota e espinafre. Outra sugestão é o biscoito integral ou a bolacha de arroz com queijo.

– Iogurtes integrais: podem ser consumidos com aveia em flocos, linhaça em pó ou chia. Também é indicado acrescentar castanha ou amêndoas.

– Sanduíches naturais: use pão integral ou a versão sem glúten integral com manteiga ou azeite de oliva extra virgem, cenoura ralada, queijo, alface, rúcula, atum ou ovo ou frango desfiado.

– Barras de cereal: devem ser, preferencialmente, de frutas e com bom conteúdo de fibras, que favorecem a manutenção da glicemia e ajudam no bom funcionamento do intestino. As barrinhas com chocolate devem ser evitadas, já que agregam mais calorias.

– Outra dica boa é levar ovos cozidos ou omelete, fonte de proteína, gera saciedade.

Alguns lanches podem ser preparados na noite anterior. A bolsa térmica é muita prática para o dia a dia. Além disso, quando ingerimos água ou chás entre as refeições, hidratamos o corpo e a fome diminui.

Planeje-se para ter mais saúde!

mixded-nuts-iStock_000055621436_Medium

E ai, gostou e quer saber mais? Para dicas e informações sobre bem-estar e qualidade de vida, acompanhe também: @dracristiane.molon no INSTA e @cristianemolon no Facebook.

TV Monalisa // Inscreva-se!
Instagram // @micamacho