beleza e saude, Dicas da Mi, Saúde
13/02/2018
0 Comentários

O que são carboidratos?

ColunaCrisMolon

Essa é uma dúvida constante no consultório. Então, vamos lá: a principal função dos carboidratos é fornecer energia para o organismo. Mas, nem todo carboidrato é igual.

Temos os açúcares simples, como a glicose, presente no mel e no xarope de milho, a frutose das frutas) e a galactose, presente no leite e laticínios. Ainda temos a sacarose, açúcar da cana, da beterraba, lactose, do leite, e maltose encontrada na cerveja. Além disso, há também o amido, dos grãos, cereais, raízes e tubérculos, e a celulose, das verduras, legumes e castanhas.

 

Com exceção do mel, leite e derivados, todos os carboidratos são de origem vegetal (tubérculos, cereais, leguminosas, verduras e frutas). Esses alimentos, ao serem ingeridos, transformam-se em glicose e glicogênio.

A glicose é transportada para dentro das células através da insulina e garante que o corpo tenha energia para funcionar. Já o glicogênio é armazenado no fígado e nos músculos. Ele atua como reserva de energia para os momentos de jejum e atividade física. O problema é que as células têm um limite para receber glicose e glicogênio e, quando esse patamar é ultrapassado, o excesso de carboidratos será transformado em gordura no tecido adiposo (gorduroso).

Entenda a diferença entre os carboidratos:

Carboidratos simples: possuem alto índice glicêmico e são absorvidos rapidamente pelo organismo. Dessa forma, a glicose sobe rapidamente, fazendo com que a sensação de fome volte logo após a refeição. São a fonte mais rápida de energia e abrangem o mel, açúcares, balas, arroz branco, macarrão, pão branco, compotas, doces em geral, bolos, refrigerantes e biscoitos. Com mais glicose, há aumento de insulina, inflamação, o metabolismo fica lento, aumentando o depósito de gordura, principalmente a visceral, relacionada ao aumento do risco cardiovascular. Este tipo de carboidrato não é saudável para os diabéticos, nos casos de síndrome metabólica, nos ovários policísticos, em quem tem gordura no fígado ou quer emagrecer.

Carboidratos complexos: são digeridos lentamente pelo organismo, levando ao aumento gradual do açúcar no sangue. Assim, o organismo sente-se saciado por mais tempo. Esses carboidratos contêm uma quantidade maior de vitaminas, minerais e fibras e, como a digestão é mais lenta, transformam-se menos em gordura. Incluem amidos e fibras.  Fazem parte desse grupo o arroz, integral, aveia, centeio, quinoa, batata (inglesa e doce), mandioca, cenoura, grão de bico.

carboidratos

E ai, gostou e quer saber mais? Para dicas e informações sobre bem-estar e qualidade de vida, acompanhe também: @dracristiane.molon no INSTA e @cristianemolon no Facebook.

TV Monalisa // Inscreva-se!
Instagram // @micamacho