Monalisa de Batom
31/10/2014
0 Comentários

Cheesecake com Calda de Morangos e Mirtillo

                                       Cheesecake com calda de morangos e mirtillo

A tão amada Cheesecake, nascida na Grécia mas popularizada nos EUA em meados de 1970. Há diversas receitas e sabores para ser usado nesta sobremesa. Hoje, com calda de morangos e mirtillo.

Ingredientes:

250g de Bolachas Maisena

100g de Manteiga

110g de Açúcar

1 Envelope de Gelatina em Pó

300g de Cream Cheese

200g de Creme de Ricota

300g de Creme de Leite Fresco

Calda:

100g de Mirtillo

100g de Morangos

50g de Açúcar

100ml de Água

Gotas de Limão

1526769_10202512388666208_791380191_n

Unte uma forma com aro removível de 22cm de diâmetro. Em um processador, misture a manteiga com as bolachas e use esta mistura para forrar a forma pressionando bem. Coloque a gelatina em pó em meia xícara de água e deixe descansar para hidratar. Leve ao micro-ondas por 15 segundos e dissolva. Bata o creme de leite na batedeira até encorpar, reserve. Misture bem o cream cheese, o creme de ricota, o açúcar e a gelatina. Junte o creme de leite encorpado e misture devagar. Coloque o creme por cima da base de bolachas, cubra com filme plástico e leve para a geladeira por pelo menos 3h.

Para a calda, leve ao fogo a água, o açúcar e os morangos. Espere engrossar e coloque o mirtillo e as gotas de limão.

Saindo um pouco dos vinhos de sobremesa, podemos usar uma cerveja para harmonizar com esta Cheesecake. As harmonizações com cervejas, assim como no vinho, podem ser definidas por semelhança (cerveja e prato com elementos comuns de doçura, tostados, acidez), por contraste ou por equilíbrio (pratos leves com cervejas leves, pratos robustos com cervejas robustas). No caso da cheesecake, ela harmoniza perfeitamente com uma tradicional cerveja de framboesa. A cerveja é mais versátil, seus sabores variam do caramelo ao café, do chocolate aos cereais, dos cítricos aos defumados. Pode apresentar diferentes intensidades de amargor, de refrescância, de cor, de teor alcoólico e de temperatura para consumo. Depois de conquistar espaço nas mesas de alta gastronomia, se tornou um desafio para quem deseja harmonizar a bebida com a refeição. Lambic é uma cerveja tipicamente belga, exclusivamente produzida na região de Bruxelas. Após 1 ou 2 anos em barris de carvalho, framboesas selecionadas e suco de framboesa são acrescentados e resultam em um sabor fresco, frutados e com sabor delicado.

TV Monalisa // Inscreva-se!
Instagram // @micamacho